quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Respostas a Perguntas - I CHING

O que é o Eu?
Dificuldade inicial. É o mesmo que preencher. O firme e o maleável se unem pela primeira vez e o nascimento é difícil. Através da perseverança é favorável designar ajudantes. O Eu é como um talo de grama que no seu esforço de crescimento encontra um obstáculo. Céu e terra dão origem aos seres individuais. O "inferior" tende para o alto, é o incitar, trovão. O "superior" é o abismal, o perigoso, tende para baixo, a chuva. Denso caos. Atmosfera carregada de trovão e chuva. Porém o caos se dissolve. O movimento que tende para o alto ultrapassa o perigo. A tempestade ao final traz alivio. É necessário tanto separar quanto unir. Depois que o céu e a terra vieram à existência, surgiram os seres individuais. O Eu preenche o espaço entre céu e terra.

O que é o Eu Sou?
Aumento. Acima = Suavidade, vento. Abaixo = O incitar, trovão. O único espírito capaz de ajudar o mundo. Quando as pessoas amam o Eu Sou tornam-se capazes de realizar com sucesso até mesmo coisas difíceis e perigosas. Casamento entre o céu e a terra. Ao observar como o trovão e o vento aumentam e fortalecem um ao outro, o homem pode aprender o sentido do auto-desenvolvimento, do auto-aprimoramento. Grandes Obras - Nenhuma Culpa - Boa Fortuna. Uma época de bênçãos e enriquecimentos. Autoridade Interior - Documento Selado. Diminuição-Aumento - começo do florescimento. Diminuição conduz ao final, o aumento para o início. O aumento é o curso da natureza, vento e trovão que aumentam um ao outro. A diminuição acima e o fortalecimento abaixo produzem uma estabilidade que significa um aumento para o Todo. A madeira, o corpo = o símbolo. O externo, o espírito = a penetração. O interno é o movimento. O movimento aliado à penetração trouxe ao mundo o máximo aumento. Aumento,- diminuir o que está acima e aumentar o que está abaixo, a alegria do povo é ilimitada. Todos vêm à existência. Central, correto, abençoado, progresso diário sem limites. O céu doa, a terra parteja.

O que é o espírito?
A preponderância do pequeno é a transição. Caráter excepcional, origem das lutas. O elemento fraco servirá como mediador com o mundo externo. Um pássaro voando traz a mensagem. Uma extraordinária modéstia. Um pássaro voando nas alturas, mas deve descer à terra onde está o seu ninho, assim ele transmite a mensagem. Em assuntos externos ele está ao lado dos humildes. O espírito partiu a madeira e com ela fez um pilão e do almofariz beneficiou toda a humanidade. A preponderância do espírito ultrapassa o ponto mediano, saindo do centro num estado de transição atinge uma condição extraordinária. O pássaro voando traz a mensagem. Não é aconselhável o esforço em direção ao alto. É aconselhável permanecer em baixo. Grande boa fortuna. Ele segue o tempo. Aspirar para cima é rebelião, para baixo é devoção. Não subir alto demais para não perder contato com o solo sob seus pés.

Nenhum comentário:

Postar um comentário